Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Usuário se irrita mais com celular

Empresa recebeu 17 mil queixas diversas em 2011

O Estado de S.Paulo

02 de maio de 2012 | 03h03

O que mais motiva denúncias à segurança da CPTM é a poluição sonora vinda principalmente de celulares cujos donos parecem não ter noção do incômodo que causam. Em 2008, esse tipo de queixa correspondia a 6% do total de reclamações. Em 2011, representou 27,1%, liderando o ranking de queixas ao disque-denúncia - outro dado detalhado no Relatório da Administração da CPTM de 2011.

No total, o número de denúncias à segurança da CPTM "explodiu" em 3 anos: passou de 259, em 2008, para 17 mil em 2011.

A explicação é a melhora nos canais de comunicação entre companhia e passageiros, com destaque para reclamações por SMS. No ano passado, 96,7% (16,4 mil) das queixas foram por torpedo. Em 2008, foram só 228 - o serviço começou em novembro daquele ano.

De volta ao ranking de reclamações, em 2011, o comportamento inadequado de usuários (como sentar no assento preferencial) ocupou o segundo lugar, com 16,9% das queixas, seguido por comércio ambulante (12,9%) e pregação religiosa (2,3%). / B.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.