Usuário levou bilhete de 1974

Morador de Camanducaia (MG) foi um dos que apareceram ontem para viajar na nova linha

, O Estado de S.Paulo

26 de maio de 2010 | 00h00

 

 

Quando a inauguração já havia terminado e uns poucos passageiros ainda saíam da Estação Faria Lima, um senhor de calça jeans e camisa polo questionou a reportagem. "Posso te mostrar uma coisa?" Ele pegou a carteira e retirou um bilhete amarelado, com data de 14 de setembro de 1974 e número de série 001. Ele é o professor Maurício Inácio Oliveira, hoje com 64 anos, um dos primeiros passageiros do Metrô - o primeiro, segundo um jornal da época.

Oliveira vive há seis anos em Camanducaia (MG) e uma vez por ano vem a São Paulo para um programa de prevenção de doenças de próstata no Hospital das Clínicas. Foi uma coincidência a consulta deste ano ser no mesmo dia da inauguração da Linha 4. "Tinha uma reunião em Belo Horizonte, mas não fui por causa da consulta. Soube aqui da inauguração e vim", diz ele, que esperou uma hora para embarcar. "Em 1974, só comprei o bilhete e andei. Na época não teve essa festa", diz ele, que passou despercebido, diferente de outro "primeiro passageiro" homenageado ontem pelo secretário José Luiz Portella (Transportes Metropolitanos)./ R.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.