USP: promotor recupera bicicleta de R$ 20 mil

O promotor de Justiça Roberto Bodini, que investiga a máfia do ISS, conseguiu recuperar sua bicicleta avaliada em R$ 20 mil, roubada no sábado, no câmpus da Universidade de São Paulo (USP), no Butantã, zona oeste. O assalto a ele e a um outro ciclista por uma dupla de motoqueiros foi relevado pela coluna Direto da Fonte. Depois da ocorrência, a área passou a ter reforço da PM.

O Estado de S.Paulo

24 de janeiro de 2014 | 02h01

Ontem, o portal UOL noticiou que Bodini teria pago R$ 2 mil a criminosos pela devolução da bike. O promotor nega o acordo e diz que só pôde reaver o bem roubado porque um colega ciclista tinha um contato na comunidade onde o objeto foi encontrado.

Ao registrar a ocorrência, o promotor diz que ouviu dos policiais que os criminosos deveriam pertencer à Favela São Remo, perto da USP. O ciclista amigo de Bodini teria então se oferecido para ajudar. "Não paguei nada, não negociei com traficantes", diz o promotor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.