Universitários são presos por vender droga via internet

A Polícia Civil em São Carlos, no interior paulista, investiga uma rede de universitários que usava a internet para vender drogas. Na sexta-feira, foram presos o estudante de química Erick César Marques, de 25 anos, e o veterinário Ricardo Camargo, de 33. Marques e Camargo foram detidos com 2,5 quilos de maconha, 100 gramas de cocaína, 10 pontos de LSD e 86 comprimidos de ecstasy, além de R$ 11 mil em dinheiro. A polícia acredita que parte da droga tenha sido vendida aos participantes da Taça Universitária de São Carlos (Tusca).

, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2010 | 00h00

Por escutas telefônicas, os policiais notaram que negociações eram feitas pela internet, pois, quando o assunto droga era mencionado, solicitava-se que a conversa continuasse pelo programa de mensagens instantâneas do computador. Notebooks dos dois presos serão periciados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.