Universitário morre após ser baleado em assalto na Vila Mariana

Aluno da ESPM teve carro roubado durante a madrugada e foi baleado por criminoso mesmo sem reagir

Solange Spigliatti, Central de Notícias

04 Março 2011 | 13h49

SÃO PAULO - Um estudante de Comunicação Social, de 20 anos, morreu na manhã desta sexta-feira, 4, depois de ser baleado na cabeça durante um assalto, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo, durante esta madrugada.

 

Nicholas Marins Prado estava dentro de seu carro, um Hyundai, em frente a um prédio, na Rua França Pinto, aguardando amigos, por volta das 5 horas, quando foi abordado por um homem armado. Após entregar seu carro, o bandido atirou contra o jovem.

 

O bandido fugiu levando o veículo. Segundo testemunha, ele não reagiu ao assalto. A Polícia Militar encaminhou o estudante para o pronto-socorro Vergueiro, onde ele não resistiu ao ferimento.

 

Em nota, a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), onde o jovem estudava, "se solidariza com a família e está tomando todas as medidas possíveis para auxiliá-la neste momento de pesar". O caso foi registrado no 36.º Distrito de Polícia. A polícia está à procura do suspeito e do veículo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.