Universitário morre ao cair de banana boat puxado por jet ski

O universitário Eduardo de Castro Magalhães, de 21 anos, fraturou o pescoço e morreu no sábado, ao cair de um banana boat na Praia da Caieira, em Angra dos Reis, no litoral fluminense.

O Estado de S.Paulo

16 Janeiro 2013 | 02h02

Eduardo estava com dois amigos no brinquedo, puxado por um jet ski, quando o banana boat virou. O marinheiro Pedro Lopes Filho, funcionário da família de Eduardo que pilotava o jet ski, disse à polícia que a manobra foi feita de propósito pelo grupo. O trio queria mergulhar, mas a queda brusca causou a fratura e Eduardo não conseguiu mais voltar à superfície. Segundo a Capitania dos Portos, o corpo ficou submerso, preso a pedras e só foi encontrado no domingo.

A Delegacia da Capitania dos Portos em Angra instaurou inquérito para investigar a morte. Segundo a polícia, ninguém usava colete salva-vidas. O banana boat era de Eduardo, que morava na zona sul do Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.