Universidade do PR tinha 836 kg de carne imprópria

A Vigilância Sanitária de Maringá (PR) apreendeu na segunda-feira 836 quilos de carne com validade vencida no restaurante da Universidade Estadual de Maringá. "Visivelmente, não pode ser consumida", avaliou o veterinário Eduardo Alcântara Ribeiro. A instituição poderá ser multada. A Pró-Reitoria de Recursos Humanos e Assuntos Comunitários informou que recebeu a carne vencida de um fornecedor, que se comprometeu a ressarcir a universidade. / EVANDRO FADEL

O Estado de S.Paulo

09 Novembro 2011 | 03h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.