Umidade do ar chega a 7% no Distrito Federal

CLIMA

, O Estado de S.Paulo

11 de agosto de 2010 | 00h00

O Distrito Federal chegou a registrar na tarde de ontem umidade relativa do ar de 7%, segundo medições do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. O índice caracteriza estado de alerta máximo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). E os índices devem manter-se baixos nos próximos dois dias. A OMS classifica como de risco a umidade relativa do ar inferior a 12%. Quando se chega a 20%, a população já começa a sofrer com dificuldades respiratórias e secura na garganta, nariz, olhos e pele. Ontem, a Defesa Civil do Distrito Federal emitiu boletim de alerta, indicando medidas preventivas para evitar problemas de saúde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.