Uma pérola dos anos 70

Modelo de telefone de uso público foi instalado inicialmente em São Paulo e Rio

Juliana Diógenes, O Estado de São Paulo

08 Julho 2018 | 03h00

O orelhão (no estilo mais lembrado, ao lado) foi criado pela arquiteta sino-brasileira Chu Ming Silveira, em 1971, e instalado inicialmente no Rio e em São Paulo. Eram dois formatos: um menor, para ambientes fechados; e o maior, para espaços públicos. Os primeiros foram instalados na sede da Companhia Telefônica Brasileira (CTB), na Rua 7 de Abril, no centro paulistano. O modelo ainda foi “exportado” para países latinos e africanos.

Mais conteúdo sobre:
orelhão arquitetura orelhão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.