Uma noite, 14 mortos

Da capital ao interior, crianças e adultos soterrados e afogados

, O Estado de S.Paulo

12 Janeiro 2011 | 00h00

PAULO SANTOS E MARCOS MAROSTICON

Os dois, um estudante e um aposentado, foram resgatados já sem vida de um monte de lama no Morro do Macuco, área de risco em Mauá

Aos prantos, o pai de Paulo, o eletricista Juraci Vieira dos Santos, observou o filho ser retirado sem vida dos escombros, por volta das 7h de ontem. Alvino Alviziras, de 56 anos, vizinho que ajudou a socorrer quatro filhos e a mulher do eletricista, chegou a alcançar as mãos do adolescente logo após o deslizamento, mas um vazamento de gás no local impediu o resgate. Outro deslizamento já havia ocorrido ali, no dia 5.

CLÁUDIA E EMANUELA FERNANDES

A dona de casa, de 37 anos, dormia sozinha no quarto quando uma parte do barranco desabou sobre a sua casa, no Tremembé, zona norte.

Cláudia morava com quatro filhos e o marido em uma chácara na Rua Virgínia de Araújo. Uma das filhas, Emanuela, de 8 anos, também morreu soterrada no mesmo momento em que a mãe. O terreno fica no pé de uma encosta atrás do Cemitério Parque da Cantareira. O marido e dois filhos só escaparam com vida porque estavam na sala. O mais velho, de 18 anos, não estava em casa no momento do desabamento.

PETER MATOS GUEDES

O rapaz, de 27 anos, identificado como morador de rua, acabou levado pelas águas na região da Avenida 9 de Julho.

No local, a força das águas arrastou carros e motoristas precisaram ser socorridos. Na mesma região, o Túnel do Anhangabaú foi totalmente fechado. Peter foi levado por uma "cachoeira" em que se transformou a escadaria que liga a Rua Major Quedinho à Avenida 9 de Julho, no centro de São Paulo. Os bombeiros ainda tentaram reanimá-lo, mas o rapaz chegou sem vida ao hospital.

ADRIANA, GABRIELLE, CAMILA, MARGARIDA E SIMONE

Em São José dos Campos, Adriana, Gabrielle e Camila Pereira da Silva, mãe e filhas, foram soterradas por um deslizamento no bairro Rio Comprido.

Os bombeiros levaram dez horas para encontrar os corpos, debaixo de toneladas de lama e terra. As meninas tinham 4 e 11 anos. Outras duas pessoas, Margarida Silva e a filha, Simone Oliveira, morreram no local, totalizando cinco vítimas. Durante a noite, os bombeiros conseguiram retirar dos escombros duas adolescentes que sofreram fraturas mas sobreviveram - uma de 16 anos e outra de 13. O local é considerado de risco.

AMARO DO NASCIMENTO

O aposentado, de 76 anos, morreu quando sua casa foi soterrada em Embu, Grande São Paulo, por volta das 23h

O neto dele, de 17 anos, também estava no local e ficou levemente ferido. Segundo a Defesa Civil Municipal, a Rua Panorama, no Jardim Santo Eduardo, é uma área de risco desde 2004. Na encosta acentuada há entre 200 e 300 moradias, das quais 64 foram interditadas ontem. Aproximadamente 180 pessoas estão desalojadas. Ainda de acordo com a Defesa Civil Municipal, algumas famílias procuraram a casa de parentes, as demais foram levadas para um ginásio.

HOMEM NÃO IDENTIFICADO

Em Mogi das Cruzes, Grande São Paulo, um homem de 40 anos foi encontrado dentro de um bueiro

O corpo - ainda não identificado por familiares - foi encontrado por testemunhas na madrugada de ontem, pouco depois da meia-noite, ainda quando o temporal atingia fortemente toda a Região Metropolitana. De acordo com as testemunhas, o homem preferiu não esperar o temporal diminuir e deixou o bar em que estava. Segundo os mesmos relatos, ele caiu, foi levado pela enxurrada e desapareceu. Foi encontrado dentro do bueiro e sem vida.

ROQUE E. DE OLIVEIRA

O trabalhador voltava para casa a cavalo, em Iperó, quando foi surpreendido pela enxurrada e se afogou.

O animal caiu em uma vala aberta pelas águas na margem de uma estrada rural que liga o município de Iperó a Capela do Alto, na região de Sorocaba.

O corpo foi encontrado por um sobrinho do lavrador, por volta das 9 horas da manhã de ontem, enroscado nos arbustos e parcialmente coberto pela lama. O cavalo, bastante machucado, estava vivo, ao lado do corpo do cavaleiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.