Evi Bianco/Brazil Photo Press
Evi Bianco/Brazil Photo Press

Uma faixa da Avenida Cupecê, na zona sul de SP, segue bloqueada

Carreta superdimensionada foi removida 17 horas após acidente; dois imóveis ainda seguem sem energia na manhã desta quarta

Maria Eduarda Chagas, O Estado de S. Paulo

27 de maio de 2015 | 10h31

SÃO PAULO - Uma faixa da Avenida Cupecê, na região do Jardim Miriam, zona sul de São Paulo, segue bloqueada no sentido de Diadema por causa do acidente envolvendo uma carreta superdimensionada, na madrugada de segunda-feira, 26, para terça-feira, 27. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o veículo foi removido da via por volta de 21h desta terça-feira, 17 horas após o acidente.

A interdição na via permanece porque a carreta atingiu um poste da AES Eletropaulo, que continua na via. Em nota, a concessionária informou que os técnicos da empresa estão no local e que a previsão de conclusão dos trabalhos é às 14h. Nesta segunda-feira, 30 estabelecimentos ficaram sem eletricidade. Dois imóveis continuam sem energia. 

A carreta, com 104 metros de comprimento, atingiu duas lojas após o engate que conectava suas peças quebrar. Os estabelecimentos continuam interditados pela Defesa Civil. O veículo transportava um transformador e ia de Jundiaí ao Porto de Santos.

Procurada pelo Estado, a transportadora Cruz de Malta, proprietária da carreta, lamentou o ocorrido e e informou que tomou todas as medidas cabíveis para a solução do problema.

Tudo o que sabemos sobre:
São PauloTrânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.