Uma cidade feita de embalagens

Trinta e três artistas plásticos levaram 25 dias para transformar caixinhas de leite (vazias, é claro!) em uma cidade sustentável - na verdade, uma maquete de 45 metros quadrados.

O Estado de S.Paulo

12 Dezembro 2011 | 03h04

Bastante arborizada, a minicidade ganhou uma população, também construída com embalagens de leite, e foi transformada em animação. O resultado final pode ser conferido em www.mundobatavo.com.br.

A brincadeira foi bancada por uma marca de laticínios - que fez questão de contratar para o trabalho apenas artistas que defendem princípios ecologicamente corretos.

Para exemplificar a preocupação, até mesmo os móveis do estúdio onde a maquete foi construída são provenientes de material de refugo ou que pudessem ser reciclados. É o caso do tampo da mesa de apoio, que foi confeccionado a partir de chapa reciclada. Já os pés foram feitos de tubos de papelão para modelagem de concreto.

O trabalho foi acompanhado por uma empresa que desenvolve soluções para transformar sucata de materiais em novos produtos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.