Uma cidade e sua gente

São Paulo, do centro aos extremos e de volta ao centro

VIVIANE KULCZYNSKI,

25 Janeiro 2010 | 14h48

Quer entender uma cidade? Tente começar por sua gente. Tente desvendar os mistérios, os quereres e as angústias de quem dá vida à metrópole. Tente captar a essência dos que dão feições a São Paulo, que a maltratam de vez em quando, mas que também a afagam. É sobre essa gente que se debruça o olhar reportagem especial. Sobre paulistanos estrangeiros, paulistanos brasileiros, paulistanos paulistas e, sim, paulistanos paulistanos.

 

São 25 pessoas cujas trajetórias se ligam por pequenas coincidências: estiveram num mesmo lugar num mesmo dia, chamaram a atenção umas das outras, dependem de seus serviços. É um abraço na cidade, captado e filtrado por uma dupla que não é filha da terra, mas de coração: o repórter catarinense Vitor Hugo Brandalise e o fotógrafo botucatuense Keiny Andrade.

 

 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo aniversário 456

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.