Um táxi inglês pelas ruas de SP

Não estranhe se por acaso vir esse legítimo táxi londrino zanzando pelas ruas da cidade. O veículo, um Austin 95 com mão inglesa - a direção fica do lado direito -, é o novo jeito que o Movimento Piloto da Vez, campanha de conscientização para o consumo responsável desenvolvida por uma marca de bebidas, encontrou para chamar a atenção.

, O Estado de S.Paulo

06 Dezembro 2010 | 00h00

Nas noites de quinta e sexta o táxi faz ponto na frente de dois bares (Astor, na Vila Madalena; e Original, em Moema). E pode levar, de graça, os frequentadores para casa (confira regulamento no site www.johnniewalker.com.br).

Taxista há 20 anos, Silvio Pereira diz que foi fácil aprender a pilotar o carrão. "A complicação é porque estamos acostumados a dirigir do lado esquerdo. Mas em meio dia de curso já me sentia à vontade", conta. Difícil é driblar o assédio no trânsito. "As pessoas pedem para parar, tirar foto. Preciso redobrar o cuidado", comenta ele.

E dá para entrar no clima e passar o endereço em inglês? "Ih... Uma vez eu fiz um curso, mas não sei falar, não", desconversa o taxista, que no dia a dia continua trabalhando com seu Fiat Idea. Em bom português.

OLHA SÓ...

Palhaçadas. De quarta-feira a domingo ocorre a quinta edição do Palhaçaria Paulistana, evento que reunirá mais de 250 artistas de circo em espetáculos gratuitos no Vale do Anhangabaú, centro da cidade. "Não sei de outro lugar no mundo onde a figura do palhaço seja tão forte como em São Paulo", diz Verônica Tamaoki, coordenadora do Centro de Memória do Circo.

Revirada. O Palhaçaria integra a segunda edição da Revirada, da Secretaria Municipal de Cultura - a primeira, ocorrida no mês passado, foi sobre bailes. Como na sexta se comemora o Dia do Palhaço, o tema escolhido desta vez foi o circo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.