Um show que ainda está longe de terminar

Festa paulistana segue até as 18 horas, com programação variada e internacional

CAMILA BRUNELLI, O Estado de S.Paulo

06 de maio de 2012 | 03h03

Se você perdeu o início da Virada Cultural ou não deu tempo de ver o que queria, não se preocupe. Hoje a festa continua - e com opções variadas mesmo para quem resolver levantar tarde. As atrações vão de shows variados a exibições de luta livre, um sucesso já na última edição.

A 8.ª Virada traz um dos maiores cardápios de atrações internacionais, conforme destaca o diretor do evento, José Mauro Gnaspini. Um dos palcos que promete levar os gringos para a noite paulistana é o montado na Avenida São João, onde artistas de diversas nacionalidades se apresentam. Destaque para o Suicidal Tendencies, o argentino La Renga ou o Black Oak Arkansas cujo vocalista, Jim Dandy, inspirou Axl Rose e Dave Lee Roth com seus vocais e performances excêntricos.

Para quem quer sair da aglomeração, há mostras de cinema e teatro. "A mostra Boca do Lixo, no Cine Windsor, por exemplo, vale muito a pena. Não dá para perder", indicou Gnaspini.

É recomendada uma última checagem na programação antes de sair de casa para evitar imprevistos. O site da Virada Cultural é www.viradacultural.org.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.