Um passeio com o filho pelas obras de arte do pai

Filho do escultor mais famoso de SP conta detalhes sobre as musas expostas no MuBE

Edison Veiga, O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2010 | 00h00

No Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) até 25 de julho, Brecheret: Mulheres de Corpo e Alma apresenta 57 esculturas e 107 desenhos com temática feminina do escultor Victor Brecheret (1894-1955). "São peças de várias procedências, de museus e coleções particulares", conta o filho do escultor, o engenheiro civil paulistano Victor Brecheret Filho, de 68 anos.

Observar as obras ao lado dele é um privilégio. Conhecedor profundo da carreira do pai - o escultor que criou alguns símbolos da cidade, como o Monumento às Bandeiras -, Brecheret Filho mescla informações técnicas a reminiscências familiares.

Conta, por exemplo, que nasceu em 1942, quando o escultor nascido na Itália e que adotou São Paulo aos 10 anos tinha já 48. "Era um pai quase avô", brinca.

Essas e outras lembranças sustentam os comentários sobre musas do pai apresentadas na nova seção do Metrópole - "Guia Vip" mostrará espaços, eventos e figuras da cidade pelo olhar de quem melhor os conhece.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.