Um morto e um ferido após discussão e perseguição na zona norte de SP

Segundo a polícia, briga teria sido motivada por um assédio à acompanhante de alguém que integrava o grupo dos rapazes

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

26 Fevereiro 2011 | 06h52

SÃO PAULO - Um rapaz foi morto a tiros e outro ficou ferido, por volta das 2h30 desta madrugada de sábado, 26, após um discussão em frente a um ponto de venda de hot-dogs na avenida Luís Dumont Villares, na Parada Inglesa, zona norte de São Paulo.

 

Acionados por testemunhas, policiais militares da 4ª Companhia do 5º Batalhão encontraram Valmir, de 31 anos, e Rodrigo, de 21, baleados e caídos ao lado de uma moto, pertencente a Valmir, na esquina da Dumont Villares com a rua Tomé Portes.

Os dois colegas, segundo testemunhas, foram perseguidos por dois desconhecidos, também numa moto, e atingidos à queima-roupa. Rodrigo morreu no local, já Valmir foi encaminhado para a Santa Casa, onde permanece internado em estado grave.

 

Aparentemente nada foi levado das vítimas.

Nem arma, nem cápsulas de projéteis nem entorpecentes foram encontrados com os dois rapazes que, segundo testemunhas, minutos antes de serem perseguidos, se envolveram numa discussão motivada por um assédio à namorada ou à esposa de alguém que integrava o grupo reunido em frente ao ponto do hot-dog.

 

O caso foi registrado no 73º Distrito Policial, do Jaçanã, e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mais conteúdo sobre:
Violência, Parada Inglesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.