Um apagão no fim do túnel

Dá para acreditar que "não se falou em estádio" na conversa que o presidente da CBF manteve na quarta-feira com o governador e o prefeito de São Paulo? Ricardo Teixeira saiu eufórico do encontro no Palácio dos Bandeirantes para dar a notícia de que, de maneira geral, "não se falou nada objetivamente" sobre como não deixar o maior Estado do País fora da festa da Copa do Mundo de 2014.

Tutty Vasques, tutty.vasques@estadao.com.br, O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2010 | 00h00

Craque na arte de não dizer nada como quem diz algo importante, Teixeira classificou o papo como "excelente". Se depender do cartola que preside a CBF há 21 anos, o torcedor paulistano pode dormir tranquilo: "Nas próximas semanas acharemos uma solução!" Se Deus quiser!

Se depender do prefeito Gilberto Kassab, está resolvido: "Não vamos botar dinheiro público nisso!" - tem sido sua única fala no script do impasse.

Sem nada a acrescentar, o governador Alberto Goldman parecia não entender que diabos aquele batalhão de jornalistas esperava ouvir deles após a reunião. "Será que estamos decidindo aqui o futuro da humanidade?" Graças a Deus, não!

Imagine só se, lá dentro, discutissem medidas emergenciais contra o fim do mundo iminente! Ainda bem que falavam de futebol, né?

Azarão da CBF

Entreouvido num papo de gente boa de bola: "O Leão é uma espécie de Felipe Melo dos técnicos de futebol!" Será que tem alguma chance na seleção?

Tratamento de choque

Tudo indica que, dessa vez, Paris Hilton é mesmo inocente! As fotos em que aparece fumando maconha teriam sido forjadas nas redes sociais por uma campanha para desestimular o vício na juventude. Ninguém faz a cabeça pra ficar igual a ela, né?

Mina pedestre

O carioca precisa olhar por onde anda. E não só por causa do cocô dos cachorros, não. Só neste ano, oito bueiros foram pelos ares em explosões no subsolo do Rio! Já tem até mãe em Copacabana recomendando seus filhos a não pisarem nas tampas de metal pelo caminho.

Coisa feia

Começou a baixaria na disputa pelo governo de São Paulo. Circula por aí panfleto apócrifo dizendo que "Esse Coca" - referência a Coca Ferraz, candidato a vice na chapa de Aloizio Mercadante - "é Fanta!" Pode? Francamente!

Roda-fria

O Atlético Mineiro voltou a perder no Brasileirão e já tem gente no clube pressionando Vanderlei Luxemburgo a trocar de cadeira de rodas.

Fim do Mundo News

O chamado crescimento chinês chegou às nuvens. Está chovendo baldes por lá!

Campanha humanitária

Corre na internet uma vaquinha para ajudar Honduras a pagar o salário que Dunga pediu para treinar a seleção de lá. A causa é boa!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.