''Um ano foi perdido em horas''

Rainha da bateria da Grande Rio pela primeira vez, a atriz Cris Viana, de 33 anos, soube do incêndio logo que acordou: "O que mais entristece é ver aquelas pessoas todas da comunidade, que trabalharam tanto durante um ano, perder tudo em algumas horas."

Paulo Sampaio, O Estado de S.Paulo

08 Fevereiro 2011 | 00h00

Ela afirma que ainda não sabe se sua fantasia estava entre as que desapareceram nas chamas. E diz que não tem a menor ideia de como ela era. "Também não poderia contar se soubesse."

Decidida a desfilar "mesmo que seja de chinelo e camiseta", a atriz diz que quer agora se solidarizar com a comunidade. "Sou a rainha da bateria agora, mas já desfilo pela Grande Rio há seis anos, ela é minha escola. Choro por ela, e não pela minha fantasia ou pelo título", diz.

Cris faz jus à magnitude de rainha e acredita que a tragédia vai ser transformada em brilho na avenida e muito samba no pé. "Pode escrever aí: a festa vai ser mais bonita do que nunca."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.