Um ano e meio depois, caminhoneiro que causou acidente com Shaolin depõe na PB

O caminhoneiro Jobson Benício, de 28 anos, acusado de causar o acidente que vitimou o humorista Francisco Josenilton Veloso, o Shaolin, em janeiro de 2011, prestou ontem depoimento em Sapé (PB), a 60 km de João Pessoa. Segundo o advogado de Shaolin, Rodrigo Celino, sua versão contradisse testemunhas e o laudo pericial da Polícia Rodoviária Federal (PRF). "Ele deixou claro que pode ter cochilado. Afirmou que seguia na reta e a colisão ocorreu dentro e até mesmo na saída da curva. Isso contradiz laudo da PRF." Shaolin está em coma desde o acidente, há um ano e meio. O depoimento do acusado será enviado ao juiz Vandermberg de Freitas, da 4.ª Vara Criminal de Campina Grande. O advogado de Benício não quis falar com jornalistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.