Último membro de quadrilha de jovens de Campinas é preso

Raoni Renzo de Miranda, de 18 anos, integrava grupo liderado por Ana Paula Jorge de Souza

04 de agosto de 2007 | 16h00

Foi confirmada pela Polícia Civil de Campinas, no interior do Estado, a prisão do quarto e último integrante de uma quadrilha, formada por jovens de classe média alta, especializada em assaltar residências e casas lotéricas na cidade do interior de São Paulo. Raoni Renzo de Miranda, de 18 anos, filho de um empreiteiro de obras, havia sido detido na semana passada ao ter o carro interceptado pela polícia, mas apresentou documentação falsa. Exames de suas digitais e comparações feitas com imagens gravadas pela própria quadrilha, em que o grupo aparece ostentando dinheiro e armas, confirmaram a culpabilidade de Renzo de Miranda. Segundo o delegado Antonio José Serrati, do 13.º Distrito Policial de Campinas, que fica no bairro do Cambuí, o acusado, que já está detido no Centro de Detenção Provisória (CDP) do Complexo Penitenciário Campinas/Hortolândia, será ouvido na próxima segunda-feira, 6. O jovem comandava a quadrilha com a namorada, a estudante de Direito Ana Paula Jorge de Souza, de 21 anos. Ana Paula e os outros dois integrantes do grupo, Orlando Ernesto Carpino e Leandro Pereira Lima, ambos de 25 anos, já foram presos, em março. Segundo a polícia, Ana Paula, que está em uma prisão em Indaiatuba, era quem escolhia os locais que seriam assaltados pela quadrilha.

Tudo o que sabemos sobre:
quadrilhaCampinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.