UFMG faz ''beijaço'' contra homofobia

Em protesto contra a agressão de dois casais gays, estudantes e professores da Universidade Federal de Minas (UFMG) promoveram um "beijaço" na frente da reitoria, na tarde de ontem, em Belo Horizonte. Cerca de 150 pessoas participaram. Os casos de agressão ocorreram durante uma festa, no dia 2.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.