Tutty Humor

Muito barulho pra nada!

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

01 de setembro de 2011 | 00h00

É nisso que dá cutucar a opinião pública com vara curta no Brasil: fica todo mundo resmungando pelos cantos que "assim não dá", aquele papo de "país da impunidade", "a que ponto chegamos", "vale-tudo", bando disso, bando daquilo, vergonha, palhaçada, fim do mundo, basta! Não demora, Jaqueline Roriz será uma vaga lembrança no rosário de lamúrias espasmódicas de todo brasileiro revoltado com tudo-isso-que-aí-está.

Afora a chatice do lugar comum das palavras de ordem, a indignação popular da maneira como é praticada no País tem se mostrado absolutamente ineficaz no enfrentamento da corrupção. Político safado nenhum dá mais bola pra isso! Se eleitor brabo moralizasse alguma coisa, o Congresso não seria este que aí está, né não?

Se você é desses que andam por aí espumando com a última afronta da Câmara dos Deputados ao voto do eleitor, pense nisso: os caras estão se lixando para esse seu ataque apoplético justificável.

Sei lá qual é a saída - quem pariu o movimento social que o embale -, mas até que se descubra uma reação contundente, faz o seguinte: não fica azedando o dia dos outros com esse assunto, não, tá? Deixa pra tomar atitude na hora de votar..

Duas vertentes

Do governador Sérgio

Cabral, contestando o feeling de seu secretário de Transportes, Júlio Lopes, sobre a culpa do motorneiro na tragédia de Santa Teresa: "Quem começou com esse negócio de bonde sem freio no Rio foi, salvo engano, a torcida do Flamengo."

Ecos do UFC

Aécio Neves não está praticando MMA com Luciana Gimenez! E não se fala mais nisso, OK?

Só o que faltava

A absolvição de Jaqueline Roriz na Câmara dos Deputados representa, além da desmoralização do flagrante em geral, um duríssimo golpe em particular na credibilidade das câmeras de segurança. Se aquelas imagens não serviram para cassar a deputada, francamente, nenhum outro vídeo, em qualquer circunstância, poderá ser usado como prova pra nada.

CPI de Rolândia

A notícia sobre aquele casal do Paraná preso em prática de sexo oral nas ruas da pequena Rolândia pode ter sido plantada pelo pessoal de marketing da prefeitura para promover o duplo sentido do nome da cidade. A oposição já fala em CPI!

Tantas emoções

Que diabos o cantor Roberto Carlos e o presidente de Israel, Shimon Peres, vão conversar no encontro que têm agendado para hoje em Jerusalém?

Dúvida cruel

A novíssima classe média brasileira vive seu primeiro grande impasse de ex-pobre! Não sabe se prolonga o feriadão da Independência para curtir o 11 de Setembro em NY ou se o antecipa para assistir a Brasil x Gana, dia 5, em Londres.

Não disse?!

Agosto passou, e nem sinal do fim do mundo! Não vai rolar tão cedo! Relaxa aí, vai!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.