Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

24 de agosto de 2011 | 00h00

O melhor do jantar que reuniu ontem à noite a presidente Dilma com chefes de facções do PMDB no Palácio do Jaburu foi a exuberância de sempre da dona da casa, a vice-primeira-dama Marcela Temer.

Não dá para entender por que o governo não a utiliza mais para melhorar a imagem pública de sua base aliada.

Em vez disso, esconde a patroa do Temer como nunca antes na história deste País se fez com uma primeira-dama. Marcela não é de fato casada com presidente da República, mas não tem outra mulher de governante no Palácio do Planalto que possa ocupar direito a imensa lacuna deixada por Dona Marisa no noticiário.

Foi mostrada deslumbrante na posse do dia 1.º de janeiro e, depois disso, nunca mais deu o ar de sua trança. Não há notícias no Google sobre participação dela em chás beneficentes, inauguração de creches, viagens com o vice-presidente, nada.

Trancada em seu palácio com nome de mulher feia, não leva vida de princesa, embora sua irmã, a exemplo da cunhada do príncipe William, esteja despontando no rastro de sua projeção. Fernanda Tedeschi não é nenhuma Pippa Middleton, mas vai posar pra capa da Playboy. É nisso que dá prender as meninas em casa!

Pra lá de Bagdá

Amigos de Zico não sabem o que dizer ao ex-jogador sobre sua decisão de assumir o comando técnico da seleção do Iraque. Teve um que ligou para parabenizá-lo e, na hora H, só fez chorar. Outro, mais otimista, comentou

"ainda bem que não é na Líbia, né?"

Elementar

O pessoal da CIA e do Pentágono não tem dúvida: a Al-Qaeda está por trás do terremoto que sacudiu ontem à tarde a costa leste dos Estados Unidos.

Village People total

O que tem de rapaz musculoso e tatuado desfilando sem camisa na festa do Peão de Barretos, francamente, se tirar os touros da arena, aquilo vira parada gay. Repara só!

Incansável

É dura a vida de Sérgio Cabral! O governador recebe hoje em Paris o bastão do Mundial de Judô, que será disputado no Rio, em 2013. Vai acabar tendo um estresse!

Estilo inconfundível

A julgar pelo desperdício de munição na tomada dos escombros que já não serviam de fortaleza para Kadafi, os rebeldes líbios foram treinados pela Otan.

Desfalque do bem

A torcida do Flamengo pode até tirar o nome de Mano Menezes da boca do sapo se, além de Ronaldinho Gaúcho, o técnico convocar também o Deivid para a seleção.

Globalização

Parece dupla de ataque da Iugoslávia, mas Cervinski e Misnerovicz são líderes da atual Jornada Nacional de Lutas dos sem-terra.

Orgulho do vovô

Amigos de ACM Neto estão tentando demovê-lo da ideia maluca de fazer greve de fome contra tudo isso que aí está. O deputado cismou agora de ser o "Gandhi anticorrupção" brasileiro. Pode?

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.