Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2011 | 00h00

Ciúmes do Lula à parte, tem gente no PT incomodada com os encontros de Dilma Rousseff com FHC. Já há, inclusive, quem aponte no discurso mais recente da presidente o sotaque tucano do ex-presidente.

Referem-se, especificamente, ao emprego da palavra "malfeito" para se referir à lambança puxada no rodo da tal "faxina ética" do governo. Para uns e outros, Dilma "tucanou" a roubalheira.

"O meu governo vai continuar combatendo todos os malfeitos!" - repete aos jornalistas, equilibrando-se no fio da língua esticado entre o mal executado e o mal-intencionado, sobre o abismo que separa o adjetivo do substantivo no mesmo verbete do Houaiss.

"Malfeito", substantivo masculino, é "crime, delito, malfeitoria". Ou ainda "o que traz prejuízo, malefício; o que é ruim; má ação".

"Malfeito", adjetivo, é qualquer coisa "feita incorretamente, defeituosa, imperfeita, disforme".

Há, portanto, malfeitos e malfeitos! O emprego genérico da expressão é um truque de retórica incomum no discurso de Dilma Rousseff, daí a suposta influência de FHC na fala da presidente. Faz sentido? Sei lá!

Plantando notícia

Está quase tudo acertado para uma visita de Ringo Starr, que vem ao Brasil em novembro, ao novo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, que é a cara do Paul McCartney. O encontro será patrocinado pela Conab, principal interessada em mudança de assunto no Ministério.

Boato infame

O estilista Ronaldo Ésper não tem nada a ver com o sumiço das superlixeiras da Avenida Paulista. E não se fala mais nisso, OK?

Bom demais

Amigas de Marta Suplicy estão organizando no Jockey Club de SP o bota-fora da senadora das eleições de 2012. Só de pensar que estão todas liberadas do corpo a corpo de campanha, têm mais de comemorar, né não?

Algum palpite?

Tem bolão novo nas bolsas de apostas de todo o mundo: Muamar Kadafi ou Bashar al-Assad, quem chegará primeiro à corte de Haia?

Tesouro perdido

Pode ter sido o último erro de pontaria da Otan na Líbia: parece que o guarda-roupa de Kadafi foi inteiramente destruído em bombardeio. Que pecado, né não? Renderia uma fortuna em leilão na internet!

Basta!

Como se não bastassem a Copa do Mundo em 2014 e a Olimpíada de 2016, o Rio vai receber o papa Bento XVI na Jornada Mundial da Juventude da Igreja Católica de 2013. Ainda bem que, em 2015, os cariocas não têm nada pra fazer. Ou vão acabar tendo um estresse!

A volta dos que não foram

Já de volta ao Brasil, o deputado Protógenes Queiroz não conseguiu entrar na Líbia como pretendia, mas sua viagem ao Norte da África não foi de todo em vão: o deputado comprou uma burca linda de Túnis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.