Tutty Humor

Cada um pro seu lado, juntos!

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

10 de agosto de 2011 | 00h00

De Lula, em maio de 2008, sentando a pua nos critérios de avaliação das agências de classificação de risco: "Eu fico abismado de ver que o risco americano é zero. Tá numa crise desgraçada e não tem risco. Aumenta o risco do Brasil, o risco da Rússia, e os Estados Unidos, que estão entupidos em dívidas até aqui, é risco zero. É uma inversão das empresas que medem risco."

De Dilma Rousseff, dia desses, reagindo à decisão da Standard & Poor"s de, enfim, atender o que Lula pregava já há 3 anos no Palácio do Planalto: "Queria deixar claro que não compartilhamos com a avaliação precipitada e um tanto quanto rápida, eu diria assim, não correta da agência que diminuiu o grau de valorização de crédito dos Estados Unidos."

Isso quer dizer o seguinte: é impressionante como o Brasil mudou e continua a mesma coisa, né não? Dilma e Lula têm nisso o mérito indiscutível de não discordarem mesmo quando pensam diferente. Não raro, um aponta para a direita, outro para a esquerda, e seguem juntos em frente como se nunca restasse a menor dúvida sobre o caminho escolhido. Você acha que eles seguem algum script ou atuam de improviso?

Espada

"EU NUNCA ASSEDIEI O GANSO!"

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians.

Que crise?

"ISSO NUNCA ME ACONTECEU!"

Ziraldo, sobre a ameaça de circuit breaker que rondou o pregão da Bovespa.

Furo nosso!

Conforme aqui anunciado em primeira mão na semana passada, começou nesta terça-feira a faxina no Ministério do Turismo: a Polícia Federal passou o rodo e prendeu 38, entre eles o secretário executivo da pasta. A espanada no ministro Pedro Novais é questão de tempo!

A propósito...

A faxina geral em curso no executivo federal já ganhou apelido em Brasília: "Espanada dos Ministérios"

Tema do Obama

O obituário de Homero Ferreira, compositor de Me dá um dinheiro aí, cola no noticiário da crise a mais completa tradução do economês empregado na narrativa da pindaíba global.

Visão estratégica

O ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Moreira Franco, classificou como "no mínimo esquisita" a situação externa. O cara não erra uma!

Antimarketing

Depois de abandonar aquela fabulosa coleção de fardas camufladas no Ministério da Defesa, Nelson Jobim está renovando seu guarda-roupa esportivo para caminhadas. A exemplo do que já faz com Fidel Castro para abalar a marca concorrente, capaz de a Nike fornecer material Adidas para o ex-ministro da Defesa.

Literalmente

O ministro Guido Mantega prometeu "uma surpresa fiscal a cada mês" na economia brasileira. E promessa, hoje em dia mais que nunca, é dívida!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.