Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

04 de agosto de 2011 | 00h00

Pode ser que na hora H role uma canja do Stevie Wonder ou do Bon Jovi mas, pelo menos até o fechamento desta edição, não havia nos EUA o menor clima para festa de aniversário - 50 anos nesta data querida - de Barack Obama.

A rigor, afora o presente de grego da elevação do teto da dívida americana, Obama só ganhou uma lembrancinha do Correio da Rússia, que lançou um conjunto comemorativo de selos e envelopes com a figurinha carimbada do presidente.

No mais, Hillary Clinton ficou de enrolar hoje cedo uns brigadeiros - parece que até o tradicional bolinho com os colegas de trabalho no fim de expediente na Casa Branca entrou na previsão de cortes da ordem de US$ 2,1 trilhões nos gastos do governo.

A propósito da efeméride presidencial, estava ainda previsto para ontem à noite, em Chicago, um jantar Democrata beneficente para a campanha de reeleição de Obama, nada que se compare em charme, por exemplo, a nenhuma das inúmeras homenagens suprapartidárias prestadas no Brasil aos 80 anos de FHC.

Como diz o filósofo sergipano Ancelmo Gois, deve ser horrível viver num lugar que não encontra motivos para festas em tempos de crise.

Formação de quadrilha

No ar há menos de 1 mês na rede Record, A Fazenda 4 já faz a família brasileira sentir saudades do Big Brother Brasil da Globo. O reality show do Pedro Bial parece programa infantil comparado ao concorrente comandado por Britto Jr.

Invasão virtual

GILBERTO KASSAB

"Não dói nada!"

SOBRE A SENSAÇÃO DE TER SEU E-MAIL PESSOAL HACKEADO NO MEIO DA NOITE.

Mal comparando

De alguém que ontem ainda tentava entender a nova rodada de escândalos em Brasília: "A tal Conab é uma espécie de Dnit do Ministério da Agricultura?" Por aí!

Que situação!

Os vereadores de São Paulo jogaram no colo do prefeito Gilberto Kassab a responsabilidade federal de vetar ou sancionar a criação do Dia do Orgulho Hétero. Se detonar a data, o prefeito estará abraçando a causa homoafetiva! Se negar fogo, dará força ao cinismo homofóbico.

Ideia de jerico

Pela lógica evocada para a criação do tal Dia do Orgulho Hétero - "os gays também não têm sua data?" -, logo, logo teremos no calendário oficial o Dia da Consciência Branca, o Dia dos Vivos e o Dia da Dependência do Brasil.

Torneiras abertas

A transposição do São Francisco já irrigou dos cofres públicos para a obra quase R$ 2 bilhões acima do custo estimado pelas empreiteiras contratadas.

Tapa no visual

Tem gente buzinando no ouvido da Dilma: Não precisa nem faxina, uma espanada no Ministério do Turismo já daria outro aspecto à pasta de Pedro Novais.

Já viu, né?

Filho do Lula está investindo em futebol americano. Aí tem!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.