Tutty Humor

Bravura de poodles

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

14 Julho 2011 | 00h00

"Pega ladrão! Pega ladrão!" - gritam os oposicionistas para a plateia dos telejornais toda vez que a roubalheira passa dos limites do aceitável pela opinião pública. Depois, ficam lá no Congresso torcendo para que o suspeito governista saia correndo para irem atrás berrando "pega ladrão, pega

ladrão". O senador Álvaro Dias é craque nisso!

O problema é quando o acusado resolve parar pra saber qual é o problema, como fez o tal Luiz Antonio Pagot, diretor-geral afastado do famigerado Dnit, em visitas espontâneas ao Congresso.

Foi lá duas vezes, tranquilão, disse o que quis, desmentiu a tudo e a todos - uma chatice danada! -, e não havia na audiência quem soubesse o que perguntar para tentar contradizê-lo.

Cara a cara com o que chamavam de "a chave do cofre" do Ministério dos Transportes, ninguém sequer rosnou no fundo da sala.

Não dá para entender como ainda tem gente no governo com medo de CPI. Com uma oposição dessas, francamente! A boa notícia é que, a partir de amanhã, vão todos nos dar férias no noticiário.

Viva o recesso parlamentar!!!

Batendo um bolão

A musa paraguaia Larissa Riquelme está de bola cheia na Copa América. Deve ter engordado uns 8 quilos depois do Mundial da África do Sul!

Só pensa naquilo

Mixou o negócio com o Carrefour, mas Abílio Diniz não desiste: vai propor agora ao BNDES a fusão do Pão de Açúcar com o trem-bala. Menos com menos dá mais, né?

Não muda nada

O senador licenciado Ivo Cassol passou o mandato ao seu pai e suplente, cujo nome próprio é Reditario. "Redita", ensina o Houaiss, quer dizer "repetição das mesmas palavras, das mesmas ideias".

Aprendeu a lição

Quase 48 horas depois de invadirem na marra a sede da Secretaria de Educação do Rio, os professores em greve na rede estadual ainda não foram chamados de "vândalos" pelo governador Sérgio Cabral. Assim fica muito difícil para qualquer categoria ganhar o apoio da população, como aconteceu com os bombeiros.

É grave a crise!

No "churrasco espacial" festivo que a Nasa oferece hoje no início da tarde a bordo da estação ISS, será servido aos astronautas prato à base de bolachas, queijo brie, salsichas, peito de frango, purê de milho com pimenta e feijões assados. A picanha, pelo visto, dançou no último corte no orçamento dos ônibus espaciais.

Brasil Foods

Esgotados os recursos contra a fusão da Sadia com a Perdigão, falta agora aquele juiz lá de Goiânia parar de implicar com a união de homoafetivos.

Devagar com a louça

A Europa está tentando colocar ordem no calote da Grécia. Não precisa sair por aí gritando que não vai pagar, certo?!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.