Tutty Humor

O que vem de baixo...

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

08 Julho 2011 | 00h00

Hoje em dia ninguém mais se ofende com tanta delicadeza mas, no tempo em que para mandar um cretino praquele lugar dizia-se "vai lamber sabão!", a expressão "o que vem de baixo não me atinge" era injúria de uso corrente para menosprezar o caráter ou a posição social de desafetos.

O cara que não merecia resposta reagia de pronto: "Então senta num formigueiro pra você ver só!" - a zombaria encerrava a arenga com os dois lados cantando vitória, um achando que botou o outro em seu devido lugar.

Nada que, de uns tempos pra cá, não se resolva com uma simples troca de palavrão, não raro um só, bem cabeludo, basta às partes.

Imagina se, numa briga de trânsito contemporânea, o motorista xingado - antigamente ele era chamado de "barbeiro" - abre a janela para gritar "o que vem de baixo não me atinge!" Não fica nem bem, né?

Em total desuso, a expressão tem boas chances de ser recuperada pela autoestima carioca nesta semana em que todo o País faz piada com a patética sucessão de tampas de bueiros indo pelos ares nas ruas do Rio: "O que vem de baixo não me atinge!" - ouvi dizer dia desses numa esquina de Copacabana. Virou questão de fé!

Nada a ver

Que ninguém se engane com a sonoridade sugestiva do nome da nova campeã de Wimbledon: a checa Kvitova não é nenhuma Sharapova. E não se fala mais nisso, OK?

Ô, raça!

A antropofagia comeu solta na madrugada de Paraty após a abertura da Flip em homenagem a Oswald de Andrade. Ainda bem que o mestre Antonio Candido já estava dormindo quando se ouviram os primeiros

gritos no centro histórico.

Causa própria

Suplente de Alfredo Nascimento no Senado, o petista amazonense João Pedro foi o único político em Brasília a lamentar, sinceramente, a demissão do ex-ministro dos Transportes.

Campo minado

Choveu muito nesta semana no Rio, mas o carioca não está, ultimamente, nem um pouco preocupado com o que cai do céu. Não é nada, não é nada, é uma paranoia a menos, né?

Baita consolo

Rodrigo Santoro será o marido de Jennifer Lopez em filme de Hollywood. Isso quer dizer o seguinte: os americanos estão tentando arrumar um jeito de demonstrar que o Brasil não pode querer, além disso, um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU.

Mal comparando

Perto do crescimento do patrimônio da empresa do filho do ex-ministro Alfredo Nascimento - papo de 86.500% -, francamente, os negócios de Antônio Palocci ficaram muito próximos do prejuízo.

Só o que faltava

A polícia chilena encontrou uma plantação de maconha na casa de campo do ex-ditador Augusto Pinochet. É mais um duro golpe na autoestima de quem fuma.

Fogo amigo

Já está quase tudo pronto para uma nova rebelião na base aliada do governo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.