Tutty Humor

A delação de Edmundo

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2011 | 00h00

A polícia fala em "denúncia anônima", mas o principal suspeito pela delação do ex-jogador Edmundo é o jornalista Milton Neves, que, via Twitter, alertou os homens da lei: "Como alguém que mora em São Paulo pode estar escondido no Rio?" Os dois andaram quebrando o pau na semana passada no programa Terceiro Tempo, da Band. Pura palhaçada! "Jantei com ele na segunda-feira" - o âncora esportivo foi entregando o comentarista foragido aos poucos na rede social. Horas depois, os tiras prenderam Edmundo no flat da Rua Amauri, no Itaim-Bibi.

Outro desafeto histórico do "Animal", Romário tem o álibi de ter passado toda a quarta-feira atendendo a imprensa, que o procurou para saber detalhes do lançamento de sua candidatura à prefeitura do Rio em 2012. O Baixinho jura que nem sabia dessa morada em SP do ex-companheiro de ataque.

Corre por fora entre as suposições levantadas na internet sobre as circunstâncias da prisão uma convocação que teria partido de dentro da cadeia. O assunto virou manchete do site Sensacionalista: Edmundo se apresenta em time de goleiro Bruno e sonha alto:

"Queremos libertadores." Cá pra nós, faz sentido!

Que isso, companheiro?

O deputado Ribamar Alves (PSB-MA) já enviou 155 e-mails solicitando audiência ao ministro Aloizio Mercadante (foto) para discutir o projeto espacial do governo.

O Conselho de Ética da Câmara já avalia se o caso configura assédio sexual.

Marcha à ré

Tem maconheiro por aí chateado com o STF! Qual a graça de Marcha da Maconha com autorização judicial e proteção policial? Coisa mais careta, né não?

Troca-troca

Nelson Jobim está pedindo pra sair. Dilma vai tentar convencê-lo a trocar de ministério. O Luiz Sérgio, que também andava todo triste no governo, é outra pessoa depois que foi pra Pesca. Será que o Jobim não se interessa pelo Ministério do Turismo?

Vanguarda

Sempre à frente de seu tempo, a Argentina está celebrando antes do Brasil o primeiro divórcio gay. Deu no La Nación que, casadas em abril, duas moças de La Rioja já anunciaram a separação.

Liquidação

Para sustentar o seu WikiLeaks, Julian Assange está cobrando 620 libras para jantar com admiradores do site. O preço triplica para quem se interessar por um "estupro leve" após a refeição!

Ô, raça!

Tem coisa mais engraçada que gente de moda se levando a sério? A São Paulo Fashion Week está mais divertida que nunca!

Deus me livre!

O anunciado recall de passaportes pode ser a gota d"água! A nova classe média vai acabar desistindo de sair do País. É muito aborrecimento!

Bom começo

Ideli Salvatti completa hoje 100 horas no Ministério das Relações Institucionais e, até agora, tudo bem. Essas coisas a oposição não vê - ô, raça!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.