Tutty Humor

Brasileiros de primeira viagem

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

11 de junho de 2011 | 00h00

A nova classe média brasileira já começa a sentir saudades da pobreza. Recém-chegada aos prazeres da vida, a turma que ascendeu economicamente nos últimos anos se depara com problemas antes inimagináveis. Fim de semana em aeroporto por causa das cinzas de um vulcão no Chile, por exemplo, é uma experiência que quem já dormiu em área de risco em noite de chuva forte não esperava mais passar por nada parecido.

Viajar não é mole, como sonham os mais duros! Se for pra fora do País, a espera pelo passaporte é o de menos para alguém acostumado a filas pra tudo. Mas, antes de cruzar a linha que separa a pindaíba da sala de embarque, é preciso se informar para não entrar em roubada.

Tá sabendo do surto de sarampo que já derrubou 5 mil pessoas só na França, né? Tem de tomar vacina 15 dias antes da viagem, além de, vez em quando, telefonar pro aeroporto pra saber se a nuvem de cinzas já chegou a Guarulhos.

Outra coisa: fuja dos brotos de feijão na Alemanha e, por via das dúvidas, dos pepinos espanhóis e nabos holandeses. Ouviu falar na bactéria E. Coli? Não? Não prefere conhecer Peruíbe ou Araruama?

Dupla jornada

Ideli Salvatti sempre foi, na avaliação do Palácio do Planalto, a pessoa certa para cuidar das Relações Institucionais do governo. O problema é a falta que ela faria no Ministério da Pesca. Será que não dava para acumular, caramba?

Cacilda com W

Susana Vieira está estupefata. Também, pudera! O amigo Wolf Maya foi condenado a serviços comunitários pela injúria racial de chamar um operador de canhão de luz de "preto fedorento que saiu do esgoto com mal de Parkinson". A atriz não acredita que a criatividade de seu diretor na série Lara com Z chegue a tanto!

Conta polpuda

Que diabos Jorge Henrique quis dizer com "eu não quero o mesmo que Adriano"? Teve ex-namorada do Imperador que ficou chateada.

Ex-mulher de verdade

Provavelmente em solidariedade a Ronaldo, Milene Domingues também mandou a dieta às favas. A mãe de Ronald não escondia isso de ninguém na despedida do Fenômeno.

Reação italiana

As garotas de programa brasileiras estabelecidas na Itália estão apavoradas. Temem que Silvio Berlusconi resolva boicotá-las em retaliação à decisão do STF contra a extradição de Cesare Battisti!

Bem lembrado

Os "Simpatizantes" (S) também vão ganhar banheiros químicos exclusivos na Parada Gay da Av. Paulista que, neste ano, conforme aqui noticiado ontem, terá WCs separados para lésbicas, gays, bissexuais e travestis, identificados pelas iniciais LGBT.

Calma gente!

Enquanto a nuvem de cinzas do vulcão chileno não chegar à Bahia, não há motivo para pânico. Relaxa, vai! Hoje é sábado, aproveite!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.