Tutty Humor

Gosto de festa

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

31 Março 2011 | 00h00

O maior público do futebol brasileiro em 2011 não foi ao estádio pra ver seu time jogar. Isso quer dizer o seguinte: "apresentação de jogador" pode virar, em breve, a modalidade esportiva mais popular do País. Os 45 mil são-paulinos que lotaram o Morumbi para receber Luís Fabiano vão passar o fim de semana gozando a reuniãozinha no CT que o Corinthians faz hoje à tarde para apresentar o Imperador Adriano.

Tem torcedor do Flamengo que, embora em menor número (20 mil pessoas) na recepção a Ronaldinho Gaúcho, considera a festa de janeiro, na Gávea, a mais calorosa apresentação de jogador do ano. A grande vantagem desse tipo de evento de massa em relação ao futebol propriamente dito é que ninguém volta derrotado para casa!

O torcedor comparece, canta, homenageia seus ídolos, xinga adversários ausentes, vê gols no telão e celebridades ao vivo, se diverte a valer e vai embora com a sensação de que o seu time é o melhor do mundo, ainda que nem sempre esteja lá muito bem das pernas em dias de jogo.

Não à toa, o presidente Andrés Sanches, do Corinthians, de vez em quando ameaça trazer Ronaldo de volta. O Fenômeno não faria feio na sua reapresentação à Fiel. Ou não, né?!

Mal comparando

"RACISTA É O BOLSONARO!"

Tiririca, comentando a condenação por racismo de sua música Veja os cabelos dela.

Que venha o 15º!

Falta ainda aparecer um noivo! O 15º casamento de Gretchen promete, até pelo número redondo da efeméride, render mais notícia que a atual separação da cantora e dançarina, após três meses de vida a dois com seu 14º marido. Matrículas abertas!

Duas medidas

A jornalista Miriam Leitão tem se queixado nos bastidores do telejornal Bom Dia Brasil (TV Globo): "Por que ninguém fala nada do cabelo da Carla Vilhena?" Cá pra nós, faz sentido!

Preço doido

O álcool já está custando quase o preço da cerveja! Ou seja, o motorista que beber e dirigir vai acabar batendo no vermelho da conta bancária.

Hoje não!

Jair Bolsonaro podia, ao menos neste 31 de março, não render homenagens ao aniversário do golpe militar de 1964. Combinado, deputado?

Escudo antiaéreo

Antes que a popularidade de Nicolas Sarkozy literalmente despenque sobre sua cabeça, a segurança do presidente francês comprou dez guarda-chuvas blindados para protegê-lo da ira popular em seu país. Ele merece!

Luto oficial

O vice Michel Temer não aproveitou praticamente nada do exercício da Presidência. Terá nova chance de ser feliz no cargo entre os dias 11 e 15 de abril, durante viagem de Dilma Rousseff à China.

Basta!

Com o fim do Big Brother Brasil 11, está encerrada a temporada de dizer as últimas sobre o Pedro Bial. E não se fala mais nisso, ok?

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.