Tutty Humor

Medo do mar

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

15 Março 2011 | 00h00

A ressaca da semana passada em Ipanema pode ter sido a gota d"água que levou Muricy Ramalho a pedir demissão do Rio, interrompendo abruptamente um rumoroso caso de amor com o balneário. No início do mês, o técnico coprotagonizou campanha de TV em homenagem ao 446 anos da cidade apresentando-se como "carioca de São Paulo". Virou uma espécie de Lobão às avessas!

Há duas semanas, Muricy registrou sua paixão em depoimento: "A qualidade de vida no Rio é ótima, o carioca é muito mais tranquilo, viver no Rio me ajuda a ficar mais calmo." Nem rosnava mais para jornalistas quando decidiu ir embora do Estado, oficialmente irritado com a "falta de estrutura" do Fluminense.

Mas, se o problema é a velha precariedade do clube, por que diabos ele não fez as malas quando foi convidado para comandar a seleção brasileira? Daí a desconfiança de que algum outro fator extracampo tenha pesado na decisão do técnico.

A ressaca em Ipanema, cá pra nós, justificaria plenamente a provável transferência de Muricy Ramalho para Santos. O mar lá, como se sabe, é muito mais calminho. Dependendo do salário, ele também vai adorar a cidade!

Barba, cabelo e bigode

Com problemas no estômago, o governador Sérgio Cabral aproveitou pit stop hospitalar de fim de semana para dar um trato nas hemorroidas. Quer estar novo em folha para o encontro com Obama no domingo!

Ô, raça

O ser humano não tem jeito. Teve gente em Nova York no último fim de semana que, na iminência do fim do mundo, correu para a fila do iPad 2, temendo a crise de desabastecimento.

Turnê mundial

Esse negócio de fim do mundo é muito relativo: depois do que aconteceu no Japão, a crise na Líbia virou marolinha no noticiário internacional.

Mal comparando

Se é mesmo verdade que o ator Jude Law ganhou R$ 500 mil da Brahma para dar umas bitocas na Hebe Camargo no camarote da cervejaria, francamente, o Lula está cobrando barato por palestra, né não?

Oba-Obama

O carnaval de rua não tem data para acabar no Rio. No domingo que vem o Bloco do Obama sairá da Cinelândia, logo após discurso do presidente americano na área de concentração.

Bom partido

Gilberto Kassab voltou da França a tempo de tentar levar o Muricy Ramalho para o PDB.

Nada a ver

Ao dizer que espera Kaká "de braços abertos" no Milan, Silvio Berlusconi quis deixar claro suas boas intenções com o jogador brasileiro. O "bunga-bunga", como se sabe, só é praticado de braços pra trás.

Efeito Sandy

A Schincariol prepara lançamento no mercado da "Devassa Papai-Mamãe", nova cerveja da marca artesanal associada.

Bye Bye

De Muricy Ramalho, com a devida licença poética de Paulinho da Viola: "Foi um Rio que passou em minha vida!"

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.