Tutty Humor

Muito barulho por nada!

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

14 Dezembro 2010 | 00h00

Se é mesmo verdade que existe vida após a morte, não deve haver nada mais constrangedor e frustrante para um homem-bomba do que chegar no céu e descobrir que seu "ataque suicida" foi só em parte bem-sucedido. "A parte do suicídio deu certo!" - costumam debochar do ataque as virgens escaladas para o harém de todo sujeito que vai pelos ares sem levar ninguém junto no atentado.

Aposto que já deve ter virado piada no paraíso o caso do iraquiano que dia desses se detonou num centro comercial de Estocolmo, na Suécia. O suspeito teria explodido o próprio carro com tanques de gás numa rua movimentada da cidade, antes de estraçalhar seu abdômen 300 metros adiante.

O morto, imagina-se, saiu direto pro abraço das moças que lhe haviam prometido de recompensa, deixando para trás o saldo de dois feridos leves e um novo fracasso retumbante no currículo dessa geração de terroristas com perfil no Facebook. Lembra daquele outro que quase explodiu a Times Square em maio? Condenado à prisão perpétua, o paquistanês que confessou a autoria do fiasco de Manhattan escapou, ao menos, do mico de virar anedota em seu próprio harém.

Rou, rou, rou, rou!

A decisão do Tribunal de Justiça (SP) cassando a condenação de Paulo Maluf no caso "Frangogate" facilitou a vida do Papai Noel. O deputado havia lhe pedido em cartinha uma ficha limpa de Natal.

Sistema de cotas

Confirmado o nome de Maria Lúcia de Oliveira Falcón no Ministério de Desenvolvimento Agrário, as mulheres já terão quase tantas vagas quanto o PMDB no primeiro escalão do próximo governo.

Contra-ataque

Lula deu agora pra lamentar que a TV Globo tenha cortado beijo gay da série Clandestinos: "É mais um duro golpe na liberdade de expressão!"

Eu, hein!

Dá até para entender por que existem clubes no Brasil interessados na contratação do Adriano. O que não entra na cabeça de ninguém é por que a Roma não quer liberar o pior jogador do campeonato italiano em 2010.

Saia-justa

Tomara que o Palocci não tente ser muito criativo na escolha do mimo: tem coisa mais complicada do que encontrar um presente de aniversário que seja a cara da Dilma Rousseff? A presidente eleita completa hoje 63 anos de idade. Azar de seus colaboradores mais próximos!

Encontro do século

Na volta olímpica que faz esta semana pelo Nordeste, Lula visita hoje São José das Piranhas, na Paraíba, terra de Erivan Cabeça de Cágado, aclamado "Bola Murcha de 2010" no Fantástico de domingo passado. Não está descartada a possibilidade de jogo contra.

Lembraram de mim!

Ciro Gomes volta amanhã contrariado da Europa, direto para o primeiro escalão do governo Dilma Rousseff. O deputado estava adorando o exílio remunerado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.