Tutty Humor

Inveja do Bush

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

13 de novembro de 2010 | 00h00

Parece que foi ontem! Em abril de 2009, Barack Obama disse em sua primeira cúpula do G-20 que Lula era "o cara", salvando a reunião do fracasso de praxe. Naquele tempo, qualquer bobagem que o recém-empossado presidente dos EUA dizia em público enchia o mundo de esperança. A inteligência estava a salvo e, em consequência, o planeta também.

Um ano e meio depois, encontros dos 20 principais chefes de Estado do mundo continuam não resolvendo absolutamente nada na prática mas, nesta semana, na rodada de Seul, Obama mostrou que também já não tem a mesma disposição para dizer nada surpreendente, ainda que só engraçado ou instigante. Dessa vez, a rigor, ele não disse nada! Teria, inclusive, cochilado na conversa com o chinês Hu Jintao. Parece que perdeu a vontade, cansou de ser uma luz no fim do túnel.

O que ainda motiva Barack Obama na presidência dos EUA, imagino, é a perspectiva de que, depois da Casa Branca, poderá levar uma vida mais ou menos como a de George W. Bush nesses últimos tempos. Como diz a doce Michelle nos momentos de maior aflição do presidente, "vai passar, baby, vai passar!"

Fenômeno natural?

"Já viu os seios novos da Luiza Brunet?" Só se fala disso nas bancas de jornal, mas há controvérsias a respeito! Para muitos aficionados de revistas de celebridades, eles sempre foram desse jeitinho mesmo.

É nosso!

A pichação "Paul McCartney é gaúcho", espalhada por toda Porto Alegre, já tem resposta à altura nos muros do Morumbi: "Paul McCartney é são-paulino".

Dois Brasis

Como é que pode o país da urna eletrônica ser o mesmo que faz o Enem, né? Só se falava disso pelas costas do Lula no G-20.

Pau a pau

Para provar de vez que não é o segundo piloto da escuderia, Felipe Massa andou lado a lado com Fernando Alonso na montanha-russa do Parque da Ferrari em Abu Dabi. Cruzaram juntos a linha de chegada.

Flagrante delito

O Ministério Público ameaça de novo anular o exame do Tiririca! O abestado teria enviado mensagem pelo Twitter durante o ditado. E, mesmo assim, passou raspando!

Sinal dos tempos

Nem agasalho esportivo nem uniforme verde-oliva! Fidel Castro aderiu, enfim, à moda da camisa xadrez. E tem gente que nem assim acredita na redemocratização de Cuba. Ô, raça!

SBTX

Depois de se associar a uma multinacional de entretenimento e mídia, Eike Batista desconversa, mas seu interesse no SBT tem motivação forte: o bilionário não se conforma com o 57.º lugar entre os mais poderosos do mundo no ranking da revista Forbes.

Tango na Coreia

Cristina Kirchner participou em Seul de sua primeira cúpula desde que ficou viúva. Volta para a Argentina convencida de que o G-20 sem o Néstor não é o mesmo!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.