Tutty Humor

Saudades da firma!

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

25 Setembro 2010 | 00h00

Ninguém, em sã consciência, sente saudades dos engarrafamentos ou daquele colega desagradável do antigo emprego depois que conquista a prerrogativa de trabalhar em casa. Parece um sonho nunca mais se amolar com metrô, chuva de granizo, poluição, motorista de táxi, flanelinhas, malabaristas de sinal, trombadinhas, elevador cheio, chefe vigilante, motoqueiros, comida a quilo, barba bem feita, cocô de cachorro na calçada, cinto combinando com sapato...

As coisas melhoram de tal forma na vida de quem, morando numa grande cidade, não precisa mais enfrentá-la todo dia para viver, que o felizardo acaba ficando inteiramente deslocado em sua própria casa. Três anos longe dos aborrecimentos em que as pessoas se encontram deixam qualquer um meio por fora, sem assunto até para puxar conversa.

Nada acontece de repente! Primeiro, o cara para de compartilhar as neuras e o estresse naturais de sua geração. Depois, praticamente elimina o acaso e qualquer possibilidade de uma boa conversa jogada fora pra quebrar a rotina. Quando, enfim, se dá conta de que não tomou banho ontem, aí já era! O próximo passo será sentir saudades da firma.

Tiririca ameaçado

Se, a exemplo de Joaquim Roriz, todo ficha-suja resolver desistir da candidatura própria para lançar a da mulher, dona Sylvia Maluf não só pode se considerar eleita para o Congresso, como corre sério risco de superar o Tiririca no ranking dos mais votados em São Paulo.

Reage, jornalista!

Como se já não bastassem os ataques do Lula, a liberdade de imprensa virou agora alvo da defesa até do pastor Silas Malafaia. Ninguém merece!

Especialidade da casa

O STF falha, mas não tarda - e vice-versa! Desde os tempos de Gilmar Mendes na presidência, o tribunal não irritava tanto a opinião pública quanto no julgamento que não decidiu nada sobre a Lei da Ficha Limpa.

Líder isolado

Ao admitir seu fracasso, ressalvando que "isso nunca tinha me acontecido antes", Vanderlei Luxemburgo deixou Ziraldo sozinho na liderança dos brasileiros que não sabem o que é isso.

Até que enfim!

O PSB mudou a estratégia da campanha de seu candidato ao governo de SP. Paulo Skaf assumiu, afinal, que é uma zebra. O pessoal da Fiesp já sabia disso há um tempão!

Infâmia

Não está rolando nada entre Luciano Huck e Ricardo Eletro. E não se fala mais nisso, ok? Tem gente botando minhoca na cabeça da Angélica!

Mal comparando

Quando, enfim, a ultradireita xenófoba sueca chegar ao poder, a União Europeia vai sentir saudades de Nicolas Sarkozy.

Papo de botequim

"Empate no STF devia ser decidido nos pênaltis, né não?!"

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.