Turistas lotam praias, hotéis e estradas no litoral norte de SP

Rodovia Rio-Santos, que liga as cidades de Bertioga a Ubatuba no trecho paulista, tem pontos de lentidão em toda a sua extensão

Reginaldo Pupo, Especial para O Estado

20 Novembro 2014 | 17h16

UBATUBA - O feriado prolongado que comemora o Dia da Consciência Negra em algumas cidades do Estado de São Paulo fez turistas lotarem as estradas e as praias do litoral norte. A Rodovia Rio-Santos, que liga as cidades de Bertioga a Ubatuba no trecho paulista, está com pontos de lentidão em toda sua extensão, principalmente nos acessos às praias. 

Praticamente todas as praias do litoral norte estão adequadas para o banho de mar, segundo a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), com exceção do Itaguaçu e Perequê, em Ilhabela.

Maresias, Camburi, Juquehy, Baleia, Barra do Sahy e Barra do Una, em São Sebastião, registraram lotação em alguns trechos de areia. Em Praia Grande, Ubatuba, a lotação de banhistas provocou lentidão na Rio-Santos, já que os turistas precisam atravessá-la para chegar à praia. As praias do Curral, Feiticeira e Perequê, em Ilhabela, também estiveram lotadas durante todo o dia.

Em Ilhabela, a fila para embarcar nas balsas em São Sebastião levou em média uma hora e meia. O arquipélago está com sua rede hoteleira praticamente lotada. Ao menos 90% dos meios de hospedagens estão ocupados nas quatro cidades da região: Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, segundo o Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes (Sinhores) do litoral norte. Na Pousada L´Eden, de Ilhabela, todas as suítes de luxo foram reservadas com 10 dias de antecedência, segundo o proprietário Heiko Obermüller.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.