Turista morre ao cair de bonde no Rio

Veículo passava pela Lapa quando francês se desequilibrou; após acidente, vítima foi roubada

Clarissa Thomé, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2011 | 00h00

O turista francês Charles Damien Pierson, de 24 anos, morreu na tarde de ontem ao cair do bondinho que liga o centro do Rio ao bairro de Santa Teresa. O bonde trafegava sobre os Arcos da Lapa, a 17,6 metros de altura, quando o rapaz, que viajava no estribo, do lado de fora do veículo, inclinou o corpo para tirar uma fotografia. Ele perdeu o equilíbrio e caiu.

O trilho é cercado por uma tela, mas, segundo as testemunhas do acidente, a proteção só fica presa pelas laterais, em barras de ferro. Pierson teria escorregado por baixo da tela. Um morador de rua que presenciou a queda contou ainda que dois adolescentes roubaram a câmera fotográfica do turista e pertences que estavam em seu bolso.

A professora Venina Lucia Mendes, uma das testemunhas, disse que chamou o turista para se sentar, mas o rapaz preferiu continuar viajando do lado de fora. Após o acidente, o bonde ficou parado por 15 minutos.

Pierson estava acompanhado de uma alemã que havia conhecido há poucos dias no Rio. A moça entrou em desespero e foi amparada por uma família de Belo Horizonte que também fazia o passeio. O grupo seguiu para a 5.ª Delegacia de Polícia (Mem de Sá), onde o caso foi registrado.

Cerca de 1,5 mil pessoas passeiam diariamente nos bondinhos de Santa Teresa, importante ponto turístico do Rio. O transporte de pessoas no estribo é usual e não há nenhuma norma proibindo a viagem do lado de fora do bonde. Passageiros que fazem com frequência o percurso disseram que os condutores do bondinho costumam orientar os passageiros para que ninguém viaje pendurado nos estribos, mas raramente são ouvidos.

Os veículos, centenários, foram modernizados recentemente pela Secretaria de Estado de Transportes e ganharam motores novos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.