Turista é morto com três tiros em Praia Grande

Segundo polícia, vítima revidou insultos de desconhecido, que depois voltou armado e disparou três vezes

Rejane Lima, O Estado de S.Paulo

08 Dezembro 2008 | 17h29

O turista Ezequiel Alves de Souza, de 39 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira, 8, no Pronto-Socorro de Praia Grande, na Baixada Santista. Morador de Francisco Morato, Souza foi baleado durante a tarde de domingo, 7, após discussão com um desconhecido na praia da Vila Tupi. O crime aconteceu às 15h20. De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Delegacia Sede de Praia Grande, Souza estava com a família na praia quando foi chamado de gordo por um desconhecido. Ele revidou os insultos e o indivíduo saiu da praia, retornando com uma pistola Taurus calibre 38, com a qual deu três tiros em Souza, atingindo sua cabeça, ombro e coxa. Motorista de ônibus, Souza foi socorrido e encaminhado ao PS, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a 1 hora. O criminoso fugiu após os disparos, mas a polícia já identificou um suspeito e acredita que ele será capturado em breve. Segundo o delegado adjunto de Praia Grande, Flávio Magario, o atirador deixou cair a arma do crime e um celular do tipo rádio. A praia estava cheia e testemunhas entregaram os objetos à polícia. As placas do veículo utilizado na fuga um Celta preto - também foram identificadas. "Foi instaurado inquérito e já determinei diligências para localizar o suspeito", disse o delegado, afirmando que o indivíduo identificado já tem passagem pela polícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.