Turista desafia chuva e frio e pega praia

Banhistas aproveitaram o mar no litoral norte e na Baixada; tempo deve melhorar um pouco hoje

REGINALDO PUPO, ESPECIAL PARA O ESTADO, SÃO SEBASTIÃO, O Estado de S.Paulo

03 de novembro de 2012 | 02h05

Os turistas que desceram para o litoral norte no feriado de Finados ignoraram o mau tempo e deixaram as praias movimentadas. Ontem, o dia começou nublado e no início da tarde uma chuva fina atingiu a região, frustrando quem pretendia tomar banho de sol. Em vez de biquínis e sungas, os banhistas preferiram bermudas e camisetas de manga comprida, já que a temperatura caiu. Alguns visitantes trocaram o guarda-sol pelo guarda-chuva. A previsão é de que o tempo tenha uma tímida melhora hoje, com sol fraco.

"Peguei sete horas de estrada. Não dava para chegar aqui (em Ubatuba) e ficar presa em casa por causa da chuva", disse a modelo Patrícia Alves, de 22 anos, de Indaiatuba, interior paulista.

O empresário Marcos Paulo da Silveira, de 37 anos, da capital, aproveitou as ondas provocadas pela frente fria para surfar. "Para mim é indiferente se chove, porque fico o dia todo no mar, mas a falta do sol parece deixar as pessoas mais tristes."

Em Maresias, em São Sebastião, vários surfistas também aproveitaram a ressaca para cair na água. Alguns turistas, porém, preferiram ficar nos hotéis e pousadas. "Já sabia que não ia dar sol, mas, como o feriado coincidiu com minha folga semanal, resolvi descer com as amigas e aproveitar para descansar, colocar a leitura em dia", disse a publicitária Renata Gomes Gimenes, da capital.

Quem fugiu da praia procurou barzinhos, restaurantes e cafés, que ficaram bastante movimentados. Em Ubatuba, o Aquário Municipal foi uma opção para quem ficou sem praia. Em Caraguatatuba, cinemas e shoppings foram o destino de parte dos visitantes. Os restaurantes de Ilhabela tiveram movimento um pouco acima do normal.

Baixada. Em Santos e São Vicente, a chuva também não afastou banhistas da praia. Quem chegou na quinta-feira, aproveitou para caminhar pela orla, logo cedo, e até arriscou um banho de mar. Com as temperaturas mais baixas, a expectativa do setor hoteleiro de ocupar apenas metade dos leitos se concretizou. Em um fim de semana prolongado de sol, a taxa chega a 80%.

Em Santos, depois de passar alguns meses em reforma, escondidos por tapumes, foram inaugurados os quiosques do Canal 2. Além de conforto para visitantes e comerciantes, os espaços têm pequenos parques infantis e aparelhos de ginástica para adultos.

Rodovias. O movimento nas estradas em direção à Baixada foi considerado normal ontem, sem grandes congestionamentos, embora a movimentação de veículos fosse um pouco mais intensa no início da manhã.

Com a chuva fina que atingiu o litoral norte, vários acidentes foram registrados na Rodovia Rio-Santos, que corta os municípios de São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba. Nenhum acidente foi grave. A maioria das colisões aconteceu por causa da existência de óleo na pista, que fica mais escorregadia com a chuva. Em Toque-Toque Grande, em São Sebastião, um veículo perdeu o controle e rodou, parando dentro de uma valeta no outro lado da pista. / COLABOROU ZULEIDE DE BARROS, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.