Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Tumulto entre usuários de droga e PMs na Cracolândia termina em tiroteio

Nas redes sociais, internautas afirmam que ouviram barulho de tiros e bombas de lacrimogêneo; vias no centro foram interditadas

Felipe Cordeiro, O Estado de S.Paulo

15 de janeiro de 2020 | 09h17

SÃO PAULO - Uma confusão entre usuários de droga e policiais militares terminou em tiroteio na região da Cracolândia, no centro de São Paulo, na manhã desta quarta-feira, 15. Não há informação de vítimas.

A Polícia Militar não deu detalhes sobre o tumulto e se limitou a dizer que os agentes reagiram  a uma suposta ação truculenta dos dependentes químicos.

Nas redes sociais, usuários afirmam que ouviram barulho de tiros e bombas de lacrimogêneo. Vias da região, como a Avenida Rio Branco, foram interditadas.

Veja abaixo publicações no Twitter sobre o tumulto na Cracolândia:

Cracolândia

As tentativas de por um fim à região conhecida como Cracolândia, no centro da capital paulista, já vêm de longa data. Os primeiros registros do crack em São Paulo datam do início de 1990. A Cracolândia, porém, nasceu como espaço de consumo em meados dos anos 2000. 

Entre 2000 e 2017, prefeitos e governadores de São Paulo tentaram acabar com a região do "fluxo", onde os dependentes químicos ficam concentrados e os traficantes vendem drogas. As Polícias Civil e Militar também realizaram diversas ações para combater os traficantes da área.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.