Tumulto em Fundação Casa na zona oeste de SP é controlado

Grupo de 40 menores tentou fugir, mas não conseguiu e por isso tentou fazer rebelião no pátio da unidade

Elvis Pereira, estadao.com.br

15 Janeiro 2009 | 17h37

Os funcionários da Fundação Casa (antiga Febem) controlaram o início de tumulto ocorrido na tarde desta quinta-feira, 15, na unidade da Vila Leopoldina, na zona oeste da capital paulista. Segundo a fundação, dois menores sofreram escoriações no confronto com os servidores que tentavam conter a situação. Um dos adolescentes foi levado a um pronto-socorro.   A princípio, a Polícia Militar (PM) informou que uma tentativa de fuga teria provocado a rebelião e que funcionários teriam sido reféns. A Fundação Casa, entretanto, refutou essas duas informações e afirmou que a Corregedoria da instituição abrirá uma sindicância para apurar as causas. Atualmente, a unidade abriga 40 menores. A capacidade máxima é para 152.   Este é o segundo caso de internos da Fundação Casa que se rebelam em menos de uma semana. No último sábado, cerca de 25 internos fugiram da unidade da Vila Conceição, em Guianazes, zona leste da capital. Na fuga, os menores feriram três funcionários do local, que foram levados para prontos-socorros da região. Segundo informações da assessoria de imprensa da Fundação Casa, os internos não estariam portando armas no dia da fuga.   Atualizado às 18h39 para acréscimo de informações.

Mais conteúdo sobre:
Fundação Casa São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.