Tubulação se rompe e forma cascata de água

O rompimento de uma tubulação da Sabesp na madrugada de anteontem na Praça Pérola Byington, junto à Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, no centro de São Paulo, formou uma cascata de água em plena Ligação Leste-Oeste. Motoristas que trafegavam pelo local durante a manhã tiveram de reduzir a velocidade por causa da força da água e uma das faixas de tráfego chegou a ser interditada por agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) no sentido Lapa. Parte do abastecimento de água na região foi interrompido.

O Estado de S.Paulo

31 Dezembro 2011 | 03h02

A cascata se formou em função de uma fenda existente no teto do túnel que passa sob a praça. As pistas sentido zona oeste foram as mais atingidas. Com a ajuda de cones colocados no trajeto, agentes da CET alertavam motoristas de carros e motos no local, mas não ofereciam alternativa de trajeto, principalmente aos motociclistas, pegos de surpresa.

De acordo com a Sabesp, a tubulação que se rompeu tem 30 centímetros. A empresa lamentou o transtorno, mas não informou o motivo da falha. Em nota, disse que os reparos foram concluídos às 14h, "quatro horas antes do horário inicialmente previsto". Em seguida, foi efetuado o religamento da água. O abastecimento então foi normalizado de forma gradual durante o resto do dia. / ADRIANA FERRAZ

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.