Trote começou com italianos

Aberta em 1944 e oficializada três anos depois pelo Ministério da Agricultura, a pista do Club Hípico da Vila Guilherme foi a primeira e única oficial do País destinada à prática da corrida de cavalos em charretes. De formato elíptico, tinha originalmente 804,5 metros de extensão.

O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2012 | 03h03

O trote foi introduzido em São Paulo na década de 1930 por imigrantes italianos da Mooca, zona leste. Eles usavam carroças para buscar produtos no Mercado Municipal, no centro, e iam e voltavam em bandos. Faziam, então, com que os animais disputassem corridas. Eles apostavam sacas de ração.

A pista foi doada pelo empresário alemão Guilherme Praun. Durante sua recuperação, em 2006, e transformação em pista de atletismo, uma área verde de 20 mil m² no centro foi preservada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.