JB Neto/AE
JB Neto/AE

Trio faz 6 reféns em assalto frustrado a faculdade em SP

Dois suspeitos fugiram e um foi preso; pessoas mantidas reféns foram libertadas sem ferimentos

Daniela do Canto, Central de Notícias

16 de outubro de 2009 | 07h25

Três suspeitos invadiram uma faculdade na Rua Augusta, região central de São Paulo, e fizeram seis pessoas reféns na noite de quinta-feira. A Polícia Militar (PM) foi acionada e prendeu Carlos Eduardo Tavares Teves, de 23 anos, que vigiava as vítimas dentro de um banheiro. Nada foi roubado. Os reféns foram libertados sem ferimentos.

O trio chegou ao local perto das 23 horas, no momento em que um segurança fechava os portões da faculdade. Enquanto dois suspeitos se encaminharam ao saguão, Teves foi até o banheiro masculino e rendeu três faxineiras.

 

O segurança também foi rendido e levado ao banheiro. Em seguida, dois coletores de um caminhão, que chegou para recolher o lixo da faculdade, foram dominados e colocados junto aos demais reféns. Todos permaneceram sob a vigilância de Teves.

Uma testemunha percebeu a movimentação do trio e acionou a PM. Os policiais chegaram ao local e prenderam o suspeito. Segundo a polícia, ao notar a presença dos policiais, ele jogou uma arma de brinquedo usada no crime em uma lata de lixo.

Os outros dois suspeitos conseguiram fugir. Conforme o relato das testemunhas à PM, eles estavam armados. A polícia acredita que o trio tenha permanecido por cerca de 15 minutos na faculdade. O caso foi registrado no 4º Distrito Policial (DP), da Consolação.

Tudo o que sabemos sobre:
assaltofaculdadeSPAugustacrime

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.