Trio é preso após fazer reféns em assalto a banco na zona norte de SP

Três homens foram presos após fazerem reféns em uma agência bancária durante tentativa de assalto no bairro Casa Verde, zona norte de São Paulo, nesta quinta-feira, 8. O trio chegou a disparar contra a polícia, mas ninguém ficou ferido.

Victor Vieira, O Estado de S. Paulo

08 Maio 2014 | 11h57

O crime aconteceu em uma agência do banco Santander na rua Zilda, na altura do número 578, por volta das 9h desta manhã. Havia quinze clientes no local e os bandidos ameaçaram os funcionários com duas pistolas calibre 380.

Depois da chegada de policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, um dos criminosos tentou fugir da agência como se fosse funcionário. "Fomos alertados pelo gerente do banco. Ele começou a gritar e identificou o ladrão, que foi logo detido", contou o tenente Cássio Cesar Galhardo, comandante do batalhão.

Também reconhecidos, os dois comparsas atiraram contra a polícia e subiram para o primeiro andar da agência, onde dominaram quatro empregados do banco. Após a negociação com os criminosos, que durou cerca de meia hora, os PMs conseguiram a liberação dos reféns.

As duas pistolas 380 foram apreendidas e também foi recuperada a arma do vigia, tomada durante o assalto. Os detidos Marcos Alves, Felipe Silva Bastos e Anderson Avelino dos Santos já têm passagem pela polícia por assalto a banco. O trio foi encaminhado à Delegacia de Investigações sobre Roubo a Bancos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), onde a ocorrência foi registrada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.