Trio confessa ter matado adolescente de 15 anos em Higienópolis (SP)

Garota voltava a pé de uma festa com o namorado quando foi abordada pelos assaltantes; dois criminosos têm 18 anos e o terceiro, 19

Gheisa Lessa,

21 Outubro 2012 | 15h20

SÃO PAULO - O trio que roubou e matou a adolescente Caroline Silva Lee, de 15 anos, na madrugada deste domingo, em Higienópolis, bairro nobre na região central de São Paulo, confessou o crime. Caroline foi baleada ao voltar a pé para casa, acompanhada do namorado, quando foi abordada por três bandidos. Depois de assaltar o casal e assassinar a menina, eles foram perseguidos e presos pela polícia.

Os bandidos estavam a bordo de um carro roubado no último dia 14. Os criminosos confessaram, após serem reconhecidos pelas vítimas do veículo roubado e pelo namorado da menina morta.

Caroline saiu de uma festa de aniversário com seu namorado, Jardel Nascimento, de 24 anos, por volta das 2h30 deste domingo, afirma a Polícia Civil. O casal voltava a pé para a casa da garota, na Rua Barata Ribeiro, na Bela Vista, quando os suspeitos se aproximaram de carro, na Rua Sabará, em Higienópolis.

Marcos Vinicius Correa Gomes, de 19 anos, Alex Rodrigues Venancio e Claudinei Avelino Modesto, ambos de 18 anos, desceram do carro e anunciaram o roubo ao casal, conta o delegado do 27ºDP que registrou o caso, Francisco Solano de Santana.

Caroline se recusou a entregar a bolsa e foi baleada duas vezes na região do pescoço por Gomes, de acordo com o boletim de ocorrência. "Não houve reação", diz Santana. "Ela tentou proteger a bolsa e já foi atingida pelos disparos", afirma.

Ela chegou a ser socorrida ao Hospital das Clínicas, mas não resistiu aos ferimentos. Os bandidos conseguiram levar a bolsa de Caroline e os celulares do casal.

De acordo com o boletim, o namorado da vítima chamou a polícia, que localizou o veículo em fuga e iniciou perseguição. O carro, sem controle, bateu na Rua 23 de Maio. Após troca de tiros com os policiais militares, o trio acabou detido. Uma arma foi apreendida. Os agentes militares não ficaram feridos.

Gomes, Venancio e Modesto confessaram o assassinato e o roubo do carro. O veículo foi levado no Campo Belo, no domingo, 14. Os proprietários do veículo foram chamados à delegacia e reconheceram os jovens.

Os três bandidos foram presos em flagrante e vão responder por latrocínio e por roubo duplamente qualificado. A pena mínima, somados os dois crimes, é de 33 anos.

Os objetos de Caroline e de Jardel foram entregues na manhã deste domingo à mãe da menina.

O caso foi registrado no 27º Distrito Policial (Campo Belo). Os três criminosos estão presos no 26º DP (Sacomã) e aguardam transferência para o Centro de Detenção Provisória de Guarulhos.

Roubo do carro. Na manhã do domingo, 14, os mesmos homens que assaltaram e mataram Caroline abordaram uma família - pai, mãe e duas crianças - na garagem de casa, na Rua visconde de Aguiar Toledo, em Campo Belo.

Em 30 minutos eles roubaram objetos de valor da casa, entre eles televisões e um notebook, além de uma pequena quantia em dinheiro. O trio fugiu com o carro da família. O veículo foi o mesmo usado no assalto seguido de morte desta madrugada.

 

Mais conteúdo sobre:
violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.