Tribunal de Justiça libera revisão do Plano Diretor

O Tribunal de Justiça de São Paulo liberou ontem a discussão da revisão do Plano Diretor na Câmara Municipal de São Paulo. A tramitação da proposta, que define novas regras para construção de prédios, estava suspensa desde 11 de agosto.

Diego Zanchetta, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2011 | 00h00

O presidente da Câmara, José Police Neto (PSDB), prometeu discutir hoje com os 14 líderes da Casa a possibilidade de colocar o texto em votação.

Alvo de processo movido por mais de 200 entidades, a revisão do Plano Diretor altera limites de uso e ocupação do solo em pelo menos 11 distritos já saturados para novos empreendimentos. São os casos, por exemplo, de Morumbi e Tatuapé. Apesar da decisão, em 2011 a revisão não deve sair, pois o plano perde validade em 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.