Três são mortos a facadas na 2ª chacina do ano na região metropolitana de SP

No primeiro caso de triplo homicídio, três mulheres foram mortas a tiro e pedradas ao saírem de um baile funk

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

13 Janeiro 2011 | 05h06

SÃO PAULO - Três homens foram mortos a facadas, na madrugada desta quinta-feira, 13, em Diadema, no Grande ABC. Essa é a segunda chacina registrada neste ano na região metropolitana de São Paulo. A primeira ocorreu no último dia 8, na zona sul capital paulista, coincidentemente no limite com Diadema.

Acionados via 190 por uma testemunha que viu uma pessoa caída e ensanguentada na calçada, na Avenida Poeta Francisco das Chagas Fonseca, na Vila Santa Maria, policiais militares da 3ª Companhia do 24º Batalhão foram até o local e constaram o óbito.

Ao seguirem um rastro de sangue que dava até uma residência, os PMs encontraram outros dois corpos, um numa escadaria e o terceiro no interior do imóvel. As vítimas, segundo os policiais, seriam todas maiores de 18 anos. O caso será registrado no 1º Distrito Policial de Diadema.

Mulheres. No último sábado, 8, três jovens, entre elas uma adolescente de 14 anos, foram mortas a tiros e pedradas na saída de um baile funk na Estrada da Encosta, no Jardim Eldorado, zona sul de São Paulo, no limite com a cidade de Diadema. Duas delas, as irmãs Luciana e Amanda Neves do Nascimento, de 21 e 16 anos, foram reconhecidas pela mãe, que contou à polícia que as filhas saíram de casa na noite de sexta, 7, para ir ao baile funk. A terceira jovem era apenas uma conhecida das irmãs. O crime foi registrado no 98º Distrito Policial, do Jardim Miriam.

Briga de vizinhos. Também em Diadema, mas no final da noite, na rua Naval, no bairro Idealópolis, no limite com São Bernardo do Campo, Francisco Joaquim da Silva, de 43 anos, foi morto a facadas pelo vizinho, de prenome Antonio, conhecido como "Baiano", durante uma discussão. A filha de Francisco assistiu ao pai sendo morto. O assassino fugiu. O caso foi registrado no 3º Distrito Policial de Diadema.

 

Atualizado às 5h58 para acréscimo de informação

Mais conteúdo sobre:
Chacina, homicídio, faca

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.