Três são detidos durante manifestação contra tarifa de ônibus em SP

Trio estava com manifestantes que passaram pela Paulista, Brigadeiro Luís Antônio e 23 de Maio

Priscila Trindade e Ricardo Valota, da Central de Notícias,

25 Março 2011 | 01h42

SÃO PAULO - Três pessoas foram detidas na noite de quinta-feira, 24, durante um protesto contra o aumento da tarifa de ônibus em São Paulo. Segundo a Polícia Militar, o grupo estava com um coquetel molotov, além de estilingues, um saco com bolinhas de gude e uma sacola com detritos de construção civil.

 

Os jovens foram abordados na Rua Martiniano de Carvalho, na Bela Vista, no centro da cidade. O trio foi encaminhado para o 5º Distrito Policial, na Aclimação, onde o caso foi registrado. Em seguida eles foram liberados.

 

Os cerca de 600 manifestantes, que protestaram pela 10ª vez contra a tarifa de ônibus - que em janeiro passou de R$ 2,70 para R$ 3,00 - se reuniram no início da noite na Praça Oswaldo Cruz, região do Paraíso.

 

Eles caminharam pela Avenida Paulista, acessaram a Avenida Brigadeiro Luís Antonio e fecharam por cerca de 20 minutos a Avenida 23 de Maio próximo ao viaduto Jaceguai. A dispersão dos manifestantes ocorreu na Rua Vergueiro junto à praça Rodrigues de Abreu.

 

Durante o protesto os manifestantes não entraram em confronto com a Polícia Militar.

 

Atualizado às 11h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.